Notícia

Unimed Maceió é pioneira em plataforma digital

01/10/2019

 

   A Unimed Maceió é a primeira empresa no Estado a integrar o portal consumidor.gov.br – plataforma on-line criada pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) para intermediar o relacionamento entre clientes e prestadores de serviços. A parceria foi firmada hoje (30) no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL).

 

   O espaço digital permite a interlocução direta entre consumidores e empresas para solução de conflitos de consumo. “As maiores empresas do Brasil já estão nessa plataforma. A parceria com a Unimed Maceió abre caminhos para que outras empresas, inclusive de outros segmentos, também participem. A judicialização da saúde é cada vez mais crescente e iniciativas como essa só vêm para agilizar o retorno ao consumidor”, afirmou o juiz Bruno Acioli, que integra a Comissão de Mediação Digital.

 

   O presidente da Unimed Maceió, Dr. Daniel de Macedo Veras, avalia a ferramenta como mais um espaço de comunicação com o consumidor. “Temos buscado o máximo de transparência nas nossas ações e enxergamos nessa iniciativa mais uma grande oportunidade de nos comunicar com nossos beneficiários,”, destacou.

 

   Ao acessar a plataforma digital, o cliente realiza um cadastro simples e redige sua demanda. A empresa terá um prazo de 10 dias para resposta e, ao final do processo, o beneficiário avaliará e classificará a tratativa como resolvida ou não resolvida.

 

    “A iniciativa é válida para todos. Ganha o Judiciário, pois evita o nascimento de um processo ou, caso ele já exista, torna mais rápida sua resolução. Ganha a Unimed, pois reduz custos e promove a satisfação dos beneficiários. E é benéfico para os clientes, que possuem mais um canal de comunicação e celeridade na resolução dos processos”, comemorou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Tutmés Airan.

 

   A gestora jurídica da Unimed Maceió, Catherine Rossiter Toledo, ressaltou a importância da parceria para a Cooperativa. “Com essa parceria, abrimos mais uma forma de contato com o beneficiário, para promover uma maior satisfação e, assim, evitar que ele busque judicializar sua demanda”.

 

Por: Barbara Esteves - Assessora de Comunicação / Unimed-AL

Fonte: Site Unimed/AL

 

Please reload

Archive
Please reload

Procurar por Tags
Siga nos
  • Facebook Basic Square

Nossos Parceiros